segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Invasão de Mutantes

Ben 10 é coisa de criancinha. De olho no público adolescente, o canal Cartoon Network lança agora Mutante Rex, aos domingos, às 18h, com reprises às terças, às 19h. Rex é um jovem, de 15 anos, que pode fazer seus punhos ficarem enormes e resistentes como rochedos, além de ganhar turbinas a jato nas costas e transformar suas pernas em possante motocicleta, quando em confronto com mutantes maléficos. Seu arquiinimigo é Van Kleiss, uma espécie de cybervampiro. Diante disso, pergunto: "Já repararam no grande culto a criaturas como o tal Rex?". Os quadrinhos da Marvel sempre tiveram muita saída com personagens como Dentes de Sabre, Arco Voltaico, Caçador de Escalpos. Wolverine explodiu em bilheteria nos cinemas dos anos 2000, com seus filmes X-Men. Nas séries de TV lembremos as que estão no ar: Heroes e Força Secreta. E nas novelas... Bom, não tem como não falar da trilogia Mutantes, com 587 capítulos, reprisada atualmente, na Record. E a trama faz lembrar de Felipe Folgosi, o policial Beto, ferrenho na luta contra os seres mais estranhos do planeta, que surgiam aos borbotões na história de Tiago Santiago. Lembram-se de quando ele fez o Alef, em Olho no Olho (1993), sua primeira novela na Globo? Dos duelos contra o vilão Fred (Nico Puig), nos quais os dois lançavam raios pelos olhos, com quedas espetaculares, além das explosões e pessoas que desapareciam no ar? Pois é... Mutantes, ciborgues, andróides... O que leva o espectador a gostar tanto deles? Acho que, no fundo, tudo gira em torno da sensação de poder. Se imaginar tão poderoso a ponto de dizimar todos os vilões que nos rodeiam! Tô certa ou tô errada?

Um comentário:

  1. Adoro o universo mutante. Se me lembrar, vou dar uma conferida.

    ResponderExcluir